Frase do dia 26 agosto 2008

"Tudo o que permanece alheio ao homem é como se não existisse para ele, mas não é por isso que deixa de existir para os demais."
(Carlos Bernardo González Pecotche (Raumsol))


Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEnvie para um amigoBaixar Imagem

Tags:

Deixe aqui seu comentário ou marque um amigo do Facebook


Frases de Carlos Bernardo González Pecotche (Raumsol)